Onde surgiu a primeira mulher advogada?

27 jun

É interessante, para nós estudantes mulheres de Direito e também para as mulheres em geral, ter o conhecimento de nossas primeiras representantes nas profissões e órgãos de atuação na sociedade.

Na área do Direito, por exemplo, sabemos que Roma foi o esplendor e base para os ordenamentos ocidentais, pois foi da prática romana que legamos muitos de nossos institutos jurídicos.

E é lá em Roma que a primeira advogada surgiu, como não poderia ser diferente, e o seu nome era Carfânia.

Nos textos históricos latinos, Carphania ( grafia em latim ), aparece como uma advogada apaixonada, ou seja, ela defendia as suas causas com empenho, com emoção, e, por causa disso, não era muito bem vista pelos juristas da época, haja vista que a mulher não possuia liberdade para exercer muitos papéis na sociedade.

Percebe-se que Roma e os romanos eram muito preconceituosos quanto à presença das mulheres como juristas nos foruns.

Porém, independentemente dos preconceitos que enfrentava, Carfânia não se deixou influenciar negativamente, antes continuou em sua batalha pelo Direito.

Vemos, assim, que nossa vanguardista Carfânia é uma figura exemplar para todas nós, pois já naquela época mostrava para a sociedade que a mulher tem valores e capacidade para exercer profissões que são vistas como predominantemente masculinas.

Desse modo, é motivo de orgulho saber que nossa classe, desde os primórdios do Direito, já contava com a representação de uma moça corajosa, inteligente e pronta a enfrentar o preconceito e as barreiras no mundo jurídico.

Será que hoje não há ainda muitas Carfânias por aí? Será que o preconceito contra a mulher jurista acabou? Independentemente da resposta para você, o importante é ter a coragem e a dignidade de Carfânia, que, apesar de todos os obstáculos, não deixou de entrar para a história como a primeira advogada de que se tem notícia!

Anúncios

Uma resposta to “Onde surgiu a primeira mulher advogada?”

  1. Noleis de Carvalho Filho 08/08/2012 às 11:40 AM #

    Acho legal procurar saber mais sobre esta tão bela criatura nos cedida por Deus.. A Mulher. Muitas mudaram a história do mundo como Joana Darc, a primeira advogada no mundo, foi de Roma a apaixonada Carfânia, ou seja, ela defendia as suas causas com empenho, com emoção, e, por causa disso, não era muito bem vista pelos juristas da época, haja vista que a mulher não possuia liberdade para exercer muitos papéis na sociedade.Muito bacana isso, procuro sempre por coisas relacionadas sobre… As mulheres que transformaram o mundo. Eu acredito que, se fatos como estes fossem iniciados no início dos tempos teríamos um mundo bem melhor, mais entendido e humanamente respeitável. Parabéns as mulheres. Peço perdão a todas as mulheres, inclusive à minha, pelos absurdos feitos por nós homens na degradação de sua imagem, caráter e em suas liberdades. Por não termos permitidos nas épocas arcaicas as suas opiniões nas palavras e a sua sabedoria. Hoje muitos homens pagam o preço por suas altos independências. Espero que com esta nova página que se vira sobre a liberdade das mulheres, Não gosto nem de lembrar na época em que a própria igreja tratava mulheres sabias no conhecimento sobre as plantas medicinais, curandeiras através de suas rezas (Fé e compaixão na verdade) eram tratadas e queimadas vivas como bruxas. Meu desejo é que os homens e as mulheres vivam em paz, no bom entendimento, respeito, diálogo, aceitação e amor… Muito amor! Deus, obrigado por estas tão abençoadas Mulheres companheiras de nós Homens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: